Visualizações de página do mês passado

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Calle 13 - por um 2013 de PÉ!

Vamos caminhando
Aqui se respira luta!
Vamos caminhando
Eu canto por que se escuta!
Aqui estamos de PÉ!

Algumas frases desta canção do CALLE 13. Na abertura, uma rádio, que nos inspira para edificar a Rádio Sopapo e quase ao final da canção a frase derradeira que diz: A TERRA NÃO SE VENDE. Frase que nos muros da praça em frente ao Quilçombo do Sopapo foi escrita com outras palavras para expressar o mesmo sentimento expresso na canção, que nossa luta pelo bairro é nossa luta por uma América Latina VIVA!





fotos e post: Leandro Anton

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Mestre Batista – nosso adeus ao Rei do Atabaque REI – Central Social RS/Quilombo do Sopapo



Tem pessoas que nascem pra contribuir. Sempre dão um jeito de repassar conhecimentos, cultura e técnicas artísticas. Mestre Batista era uma pessoa de extrema astúcia nas artes percussivas. Reconhecido Luthier do maior tambor brasileiro. Exímio construtor do Tambor de Sopapo, o Rei dos Atabaques!

“O Sopapo na mão do negro é religião”, Mestre Batista foi um homem de fé. Devóto dos Orixás, o destino tratou de encomendar uma residência na Rua São Jorge para o Mestre construir morada junto a sua esposa, querida dona Maria.
Welington, Negro É, Dona Maria, MESTRE BATISTA, Ricardo Sória, Cristiano Bronze. Foto: Leandro Anton.
Figura marcante no carnaval pelotense, Batista era reconhecido pelo Governo Federal como Mestre Griô. Sua história é, também, a própria história do Sopapo, através de suas mãos a sonoridade do gigante tambor transcendeu o Rio Grande do Sul e foi ecoar em escolas de samba da Bahia e do Rio de Janeiro.

Um câncer no intestino levou nosso Mestre tamboreiro, todavia não esqueceremos de suas contribuições à cultura. Obrigado Mestre Batista pela autorização de usar o instrumento para a produção e difusão do Hip Hop.

PAZ aos Homens de bom coração.

Texto: Ricardo Sória – www.centralsocialrs.com.br

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

CENTRAL SOCIAL no IV Fórum de Música, Gestão, EDUCAÇÃO e Cidadania – Rio de Janeiro




Na garagem do Quilombo do Sopapo tudo começou, hoje sabemos que não foi em vão. O HIP HOP DIDÁTICO ganhou o abraço harmônico de violinos, tubas, violas, clarinetes, oboés e tudo mais que uma orquestra comporta. A IV edição deste fórum de Música anual, realizado em Vassouras – RJ, abriu, pela primeira vez, suas portas para a Cultura Hip Hop. Coube a Central Social RS a tarefa de ministrar quatro dias de oficinas lotadas.

A oportunidade de respirar música Clássica e interagir suas nuances com o Hip Hop Didático foi algo novo para nós, para o público e para todos os instrumentistas presentes no evento.



  Lá deixamos uma semente que só cresce regada a verso, proza, ritmo quaternário e muito amor à língua portuguesa. Lá deixamos a certeza de ter feito grandes amizades que entenderam que existe um Coletivo de ativistas que trabalha o Hip Hop como instrumento de transformação social, somos a CENTRAL SOCIAL RS.


Agradecemos a Orquestra Pim pelo convite e confiança no trabalho, um grande Salve ao Maestro Cláudio Moreira, a Coordenadora Executiva do Pontão de Cultura do PIM: Célia de Fátima P. Moreira, Sheyla Yassue Yatsugafo - Professora de Violino e Viola, Jane Meri Motta Soares - Coordenação Educacional Pedagógica, ao Mestre percussionista Pedro Moita, ao técnico Adrielisom Ramos e a todos que fazem deste evento o mais Clássico do Brasil.



O time da Central Social no evento foi: Ricardo Sória, Hilton Cavalheiro.










domingo, 11 de novembro de 2012

Mestre Baptista

"Aprendi que na hora quando param-se os relógios... bem ali nasce sagrado... bem ali nasce Sopapo.... é bem ali, é bem ali nasce o Sopapo!!!!"  
Trecho da música A Princesa é uma Senhora de Richard Serraria e Marcelo Cougo e que é parte da trilha sonora do documentário O Grande Tambor. Em junho de 2009, muito antes de se pensar no documentário estivemos em Pelotas na casa de Maria e Neives para apresentar esta música que havia sido iniciada em uma visita de março de 2009 de uma Ação Comuninitária articulada pelo Quilombo do Sopapo. Naquela visita, após um dia inteiro de emoções na oficina do Mestre na Rua São Jorge acompanhando a construção de um Tambor de Sopapo que viria a ser entregue no outro dia ao Ponto de Cultura, fomos ao bar Liberdade, e assistindo e ouvindo o samba do Liberdade a cena de um casal dançando a noite toda inspirou as primeiras frase gravadas em um celular e que se tornaria A Princesa é uma Senhora... 
Mestre e Dona Maria, a benção que recebemos em todos estes momentos e que a casa de vocês nos acolheu em tantas visitas como as de 2009. VIVA A CULTURA POPULAR! VIVA A CULTURA VIVA! 



Quilombo do Sopapo

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Ensaiado no Quilombo - Central Social na PUC - Hip Hop de Base

Levar o Hip hop para se apresentar dentro da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RS) não é coisa que acontece a todo momento. A Central Social RS através do Projeto Música Didática tem levado a música RAP para dentro das escolas há tempos, porém, são raros os convites na esfera do terceiro grau.

A música RAP atuando como aliada do processo pedagógico é transformadora, esta prática ajuda no desenvolvimento de habilidades cognitivas, estimula o raciocínio rápido entre muitas outras questões, o resultado é um ser mais solto, menos envergonhado e desinibido.

O vídeo acima mostra um pouco do trabalho de hip hop de base realizado pela Central Social.
O Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo, bem como a Escola Rafael Pinto Bandeira foram duas entidades que acolheram e acreditaram na proposta, em nome de todos, obrigado.

texto: Ricardo Sória
video: Hermes.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A Luta Continua

Amanhecemos a segunda-feira desta semana, 08 de outubro de 2012, com a definição de governos municipais por mais 4 anos na quase totalidade das cidades brasileiras. Somente 50 delas terão ainda um segundo turno para definir seus futuros governos que terão pelo voto das urnas o crivo para existirem até 2016.
A caminhada do Comitê Popular do Copa Cristal teve seu início em 2010, muito antes de se definirem as candidaturas que disputariam a eleição de ontem, nossa ação não era movida por uma agenda eleitoral e nem tão pouco por um programa de futuras candidaturas, se é que isto ainda existe numa eleição.

Domínio Público, vídeo postado abaixo fala do Rio de Janeiro e do que já é a preparação de dois Mega Eventos Esportivos, Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016,  na cidade que hoje alcançou o metro quadrado de terra mais caro do Brasil. É deste legado, a cidade mercadoria, que se orgulha Eike Batista, um dos entrevistados e um dos que mais vai faturar com estes espetáculos.
No vídeo, se tirarmos o sotaque e também a inconfundível paisagem da Baía de Guanabara e seus Morros, podemos substituir a Rio de Janeiro pela Porto Alegre, Salvador, Fortaleza, Recife, São Paulo, Curitiba, Manaus... o trato é o mesmo, as consequências são as mesmas e o objetivo não é outro senão


"...mandar os pobre vazá, procurar outro lugar pra morar, dar lugar pros playboy estacioná..." (trecho da música 40.000 Grupo Sequela) que faz parte de outro documentário, Me dê Motivos para ir Embora, que fala sobre o Arroio Cavalhada e o Programa Integrado Socioambiental e sua solução para os moradores: o bônus moradia.

Assistam ao vídeo acima, participem das reuniões do Comitê Popular da Copa Cristal e saibam o que de fato está acontecendo na Porto Alegre e nas comunidades atingidas pelas obras da Copa. Não aceitem somente o que a Rádio Gaúcha ou a RBS TV apresentam. Elas tem muito interesse e são patrocinadas pelos mesmos que organizam a Copa do Mundo, lembre-se.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

COMITÊ POPULAR DA COPA CRISTAL


02 de maio de 2012, assembleía do orçamento participativo do Cristal na escola Eliseu Paglioli,  neste dia a demagogia imperou por parte do Prefeito Reeleito ao dizer que ele também era Chave por Chave! Na prática sua ação é ofertar aluguel social! Como diz um dito: Ele jogou foi confete para a platéia e alcançou seu objetivo: a reeleição! RETOMEMOS A MOBILIZAÇÃO, NÃO IMPORTA A ELEIÇÃO!


NESTA QUINTA (11/10), ÀS 19H: REUNIÃO DO COMITÊ POPULAR DA COPA CRISTAL. PARTICIPE!

Existe vida depois das eleições. E, principalmente, precisa existir muita mobilização e luta, pois as obras da duplicação da avenida Tronco para a Copa do Mundo de 2014 estão a todo vapor. Em compensação, não há NENHUMA casa construída para as famílias que serão desalojadas. Você viu começar alguma obra de construção de moradias aí na sua região? E além disso, não temos sequer prazo e projeto para essa construção. 

Segundo estimativas do próprio DEMHAB (Departamento Municipal de Habitação), mais de 1 mil famílias devem ir para o aluguel social, e não nos serão dadas garantias do nosso direito à posse da terra. A habitação que hoje nos é de direito! Direito conquistado por nós e consta em diversas leis, incluindo nossa Constituição. Que garantia terás de receber um apartamento do Minha Casa, Minha Vida que a prefeitura diz que vai construir na região

Além disso, as máscaras estão caindo. Afinal, pela primeira vez a prefeitura assumiu PUBLICAMENTE, em reunião do Conselho de Habitação, que está querendo empurrar as famílias para longe do Cristal por meio do aluguel social e do bônus moradia. Isso significará desunir as famílias, expulsar jovens e idosos que construíram sua vida em comunidade na região do Cristal. Também significa que estaremos nas mãos da prefeitura, que pode parar de pagar o aluguel quando bem quiser. E o bônus moradia, no valor de R$ 52 mil, só vai servir para jogar as pessoas para a periferia da cidade - pois na região do Cristal não se adquire nenhuma casa regularizada nesse valor. Queremos que a prefeitura avalie também a terra que é nossa por direito e que tem muito, mas muito valor, e é por isso que os ricos tanto as querem.

As comunidades atingidas no bairro Cristal já decidiram, na última reunião, realizar uma assembleia na região a fim de debater a ameaça de remoção das famílias e planejar próximas ações. 

É CHAVE por CHAVE! Precisamos lutar para garantir os nossos direitos! Venha construir essa luta!

REUNIÃO DO COMITÊ POPULAR DA COPA CRISTAL
QUINTA-FEIRA (10/10) - ÀS 19h
No Quilombo do Sopapo (Av. Capivari,  nº 602  - atrás da praça em frente ao BIG)

Te esperamos! 

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Virada Ontológica - transmissão ao vivo da CVP

A Cristalizar Vídeo Produções está transmitindo ao vivo da PUC pelo canal da Catarse, o seminário Virada Ontológica na Filosofia Contemporânea. Abaixo a programação dos três dias de seminário e dos oito painéis que a CVP irá transmitir. Caso queira assistir pelo blog da CVP o link é www.produtoracvp.blogspot.com.br .

Watch live streaming video from catarsetv at livestream.com


Programação do Seminário e os horários de transmissão. Cada painel tem 1h45min de duração:

03/10/12
14h - Eduardo Luft (PUCRS) O Mundo de Leibniz
Debatedor: Markus Gabriel (Bonn)
Moderador: Moysés Pinto Neto (PUCRS)

18h - John Protevi (Louisiana State) Uma ontologia do ritmo: Deleuze e Guattari e as ciências da sincronização
Debatedor: Steven Shaviro (Wayne State)
Moderador: Nythamar Fernandes de Oliveira Jr. (PUCRS)

04/10/12
10h - Rodrigo Nunes (PUCRS) O que são ontologias pós-críticas?
Debatedor: John Protevi (Louisiana State)
Moderador: Hilan Bensusan (UnB)

14h - Norman Madarasz (PUCRS) Ainda não ontológico: sobre uma fenomenologia estruturalista
Debatedor: Rodrigo Nunes (PUCRS)
Moderador: Marcelo Villanova (PUCRS)

18h - Markus Gabriel (Bonn) O sentido da existência
Debatedor: Eduardo Luft (PUCRS)
Moderador: Déborah Danowski (PUCRJ)

05/10/12
10h - Benjamin Noys (Chichester) Vida Selvagem e a ontologia do capital
Debatedor: Rodrigo Nunes (PUCRS)
Moderador: Charles Borges (PUCRS) 

14h - Steven Shaviro (Wayne State) Pensamento não-correlacionado
Debatedor: Hilan Bensusan (UnB)
Moderador: Norman Madarasz (PUCRS)

18h - Eduardo Viveiros de Castro (Museu Nacional/UFRJ) A outra metafísica e a metafísica dos outros
Debatedor: Benjamin Noys (Chichester)
Moderador: Rodrigo Nunes (PUCRS)




Adão, Carlos e Douglas - equipe da CVP na transmissão direto do auditório do prédio 5 da PUC RS

postagem: Leandro Anton

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Direito à Cidade e a Copa 2014

04 de agosto de 2012, as obras viárias da duplicação da Avenida Tronco já  iniciadas.  E a moradia?        foto: Leandro Anton

Nesta terça e quarta-feiras, 25 e 26 de setembro, o GT(Grupo de Trabalho) Moradia da Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal estará visitando comunidades atingidas pelas obras da Copa em Porto Alegre.

No link abaixo acesse o relatório preliminar que será entregue ao Grupo de Trabalho da Nacional Secretaria de Direitos Humanos elaborado pelo Comitê Popular da Copa Cristal, Movimento o Morro é Nosso, Fórum Estadual da Reforma Urbana e Observatório das Metrópolis Seção Porto Alegre.

Visita Gt Moradia da Secretaria Nacional de Direitos Humanos
As placas afirmam que só há asfalto sendo feito. E as moradias?     foto: Carlos Alberto
A programação dos dois dias de visita:

25 de setembro - Terça-Feira Agenda de Visitas 

07:00h saída do hotel 
8:00h – Chegada na Vila Santo André
9:00h – Chegada na Dique velha
10:00h – Chegada na Vila Floresta
11:00 – Chegada no Loteamento Bernardino da Silveira (Reassentamento da Vila Dique)
12:00 – Chegada na Chocolatão

Almoço na Chocolatão

14:15 – Saída para o Morro Santa Teresa
15:15 – Saída para Av. Tronco
16:15 – Saída para o Arroio Cavalhada
17:00 – Chegada a Ocupação 20 de novembro
17:30 – Chegada ao Hotel 

Lista das Comunidades a Serem Visitadas:

- Vila Santo Andre
- Vila Dique 
- Vila Floresta
- Loteamento Bernardino da Silveira (Reassentamento da Vila Dique)
- Vila Chocolatão
- Morro Santa Teresa
- Ocupação 20 de Novembro
- Vilas atingidas pela duplicação da Tronco 
- Vilas atingidas pelo PISA

Dia 07 de setembro, independência do Brasil?!        foto: Leandro Anton


Reunião com Comunidades e Movimentos Sociais - 25 de setembro – Terça-feira

19:00h – Inicio da Reunião

26/09 - Quarta –Feira -  Agenda de Reuniões Institucionais

9:30 – Reunião com Prefeitura Municipal de Porto Alegre e Equipe

12:00h – ALMOÇO

13:30 – Reunião com Governo Estadual e Equipe + Infraero- Gabinete do Governador- Secretaria de Habitação 
16:30 – Reunião com Ministério Publico e Comissões de Direitos Humanos

CDH – Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Porto Alegre
CDH – Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa

Arco do Triunfo, Redenção, Grito dos Excluídos, E a Moradia?...    em memória aos desaparecidos pela Ditadura iniciada em 1964    foto: Leandro Anton

postagem: Leandro Anton

sábado, 22 de setembro de 2012

5ª A Volta do Povo à Praça, 29 de Setembro

Depois de muita chuva vamos festejar a primavera na PRAÇA!
Música, teatro, dança, oficina de estencil e pintura de camisetas, muralismo, jogos, roda de contação de histórias, passeios à cavalo, feira de artesanato. Traga sua cadeira de praia e o chimarrão e vamos ocupar a Praça Alexandre Záchia.
Realização Fórum de Justiça e Segurança do Cristal 
Organização GT da Praça


Apresentações
10h – Banda da E.E.E.M. Elpídio Ferreira Paes
11h às 13h – Banda da Brigada Militar, apresentação dos cães e bonecos gigantes da Brigada Militar
14h – Teatro Educação Ambiental do DMLU
15h – Contação de Histórias da Biblioteca Comunitária Cristal
15h30min – Tambores do Colégio Estadual Cônego Paulo de Nadal e do Quilombo do Sopapo
16h – Central Social RS
16h30min – Discípulo da Paz e Grupo de Hip Hop, Dança de Rua e Poesia de Taquara
17h – Richard Serraria E Marcelo da Redenção
18h – Encerramento

Atividades Permanentes das 10 às 17h
Feira de Artesanato e Alimentos do Cristal
Bancas das entidades que organizam A Volta do Povo à Praça
Biblioteca Comunitária do Cristal (troca - troca de livros)
Futebol de Mesa
Desenho e Pintura do Muro
Estencil e pinturas de camisetas
Play Station
Passeios com os cavalos da Brigada Militar
Exposição de um Carro de Bombeiros

O Fórum Regional de Justiça e Segurança do Cristal – FRJS Cristal, em setembro de 2010 criou o Grupo de Trabalho da Praça. Este GT em reuniões no Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo propôs o evento A Volta do Povo à Praça  com a parceria de diversas organizações e instituições do bairro Cristal/Cruzeiro, coletivos de arte-educadores e órgãos públicos.
Foi no dia 27 de novembro de 2010 que ocorreu o primeiro A Volta do Povo à Praça e desde então outros três eventos foram realizados no ano de 2011. Será neste sábado, dia 29 de setembro de 2012 a realização da 5ª edição do  “ A VOLTA DO POVO À PRAÇA”, das 10h às 18h, com objetivo da ocupação coletiva e comunitária da mesma, através de atividades de lazer, cultura, esporte e feira de economia solidária, transmitindo um significado de ocupação do espaço público, integração e organização.

Quanto a chuvarada que por dias tivemos em Porto Alegre ela deixa marcas na nossa praça por vários outros dias após sua parada e esta festa faz parte da pressão sobre o município para mudar esta situação. IMPORTANTE: no dia 03 de setembro de 2011 o Secretário Municipal do Meio ambiente de Porto Alegre, Luiz Fernando Záchia, durante a terceira edição da A Volta do Povo à Praça, fez uso do microfone para anunciar a obra que iria solucionar os alagamentos da praça, que naquele dia havia feito uma vítima, um veículo da SMAM atolou no meio da praça. Passado 12 meses do anúncio nada mudou, nada melhorou na praça com relação a drenagem...
manhã de 20 de setembro de 2012, feriado, quadra de basquete e futsal     foto: Leandro Anton
mas há quem goste e que se diverte com esta situação... maçaricos alimentam-se assim que o sol aparece e rãs orquestram cantorias nos finais de tarde e nós ... sabemos admirar estes momentos...
Maçaricos se deliciando com o terreno encharcado       foto: Leandro Anton
  postagem: Leandro Anton

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Cine Memória e Justiça



Ciclo de cinemas e debates sobre as ditaduras civis/militares na América Latina. Resgatar a memória dos anos passados através do cinema, e reencontrar com a verdade, na busca incansável da justiça.
Muitas vozes estão sendo ouvidas, e os torturadores estão sendo condenados por seus crimes, famílias estão encontrando noticias de seus desaparecidos. A cambada de Teatro em Ação Direta Levanta FavelA quer contribuir nos debates em estado vigilância permanente, para que esse debate ganhe as ruas e praças do Brasil. Apreender com a história, para avançar na construção de um povo forte. Nossa memória não esquece...

Quando: de 12 a 16 de setembro às 19hs
Onde: no Pier da Usina do Gasômetro
Quanto: Grátis

Após os filmes haverá debate com convidados.


Programação:

Dia 12/09
Filme: LAMARCA
(1994) Brasil
Direção: 
SERGIO RESENDE

Dia 13/09
Filme: A NOITE DOS LAPÍS
( Argentina/1986)
Direção: Héctor Olivera
Debatedor: Jorge Quillfeldt - Professor UFRGS

Dia 14/09
Filme: 
RUA SANTA FÉ
(Calle Santa Fe, 2007)
Direção: Carmen Castillos
Debatedor: Solon Viola – Professor

Dia 15/09
Filme: ESTADO DE SÍTIO
(Franco-teuto-italiano de 1972)
Direção: Costa-Gavras.
Debatedor: Eduardo Solari – Músico Uruguaio e Militante do Movimento Autonomo Utopia e Luta

Dia 16/09
Filme: 
MADRES DE PLAZA DE MAYO
Direção do documentário: Carlos Pronzato
Debatedor: Bruno Lima Rocha - cientista político e jornalista, professor da Unisinos e editor do portal Estratégia & Análise.

Abaixo segue um vídeo clip do Coletivo Luta Armada. Coletivo de grupos de Hip Hop do Rio de Janeiro que ano passado realizou um seminário sobre a Ditadura Brasileira e a Comissão da Verdade. Ao final deste seminário o Coletivo produziu uma música que se transformou no vídeo clip que está a seguir.


post: Leandro Anton

domingo, 2 de setembro de 2012

Vira Ação



No sábado, 1º de setembro, aconteceu o primeiro encontro do Coletivo Editorial da Revista Viração no Rio Grande do Sul. A intenção desse agrupamento é participar da edição mensal da revista, realizando matérias e reportagens jornalísticas. O encontro aconteceu no Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo no bairro Cristal, participaram os jovens Carlos e Douglas dos Bairros Cristal e Cruzeiro de Porto Alegre, Andrielle e Malone do bairro Guajuviras e Regiane e Regina da Grande Mathias Velho em Canoas. Entre educadores, gestores e agentes culturais, ao todo foram doze pessoas com diversas experiências, trajetórias e olhares sobre a educação, comunicação e cultura que iniciaram uma bela e nova empreitada. A Viração é uma revista feita de, para e com jovens e é realizada com a colaboração de 19 conselhos jovens correspondentes à 19 estados do Brasil. 
Registro  do grupo de jovens que está criando o Conselho Editorial da Revista Viração em Porto Alegre e RS. Foi feito em frente a obra da Rádio do Quilombo do Sopapo. A sala está sendo erguida em Bioconstrução e também é o espaço das práticas da primeira Escola de Jovens Bioconstrutores no Ponto de Cultura que conta com 5 jovens moradores da região e tem a duração de 16 semanas. A sala terá paredes de pau a pique e telhado verde. Tanto a obra como o curso tem o acompanhamento e a condução do Casa Tierra e é parte da parceria estabelecida entre Guayí e Fundação Banco do Brasil para consolidar a Incubadora de Empreendimentos Solidários de Juventude no Quilombo do Sopapo.                                                                                               foto: Douglas Oliveira/CVP

O próximo encontro será no dia 15 de setembro, às 14h30min também no Quilombo do Sopapo. O grupo para estabelecer o Conselho Editorial não está fechado e quem tiver interesse em se integrar a este espaço está convidado para o encontro do dia 15.  Para saber mais da Viração e também e da história da organização da revista seguem os links http://www.viracao.org/ e http://www.viracao.org/index.php/a-viracao/historia.html .



post: Leandro Anton e Roberta Darkiewicz

terça-feira, 21 de agosto de 2012

25 de agosto de 2012, sábado

Programação da 5ª A Volta do Povo À Praça


Apresentações
10h – Banda da E.E.E.M. Elpídio Ferreira Paes
11h às 13h – Banda da Brigada Militar, apresentação dos cães e bonecos gigantes da Brigada Militar
14h – Teatro Educação Ambiental do DMLU
15h – Contação de Histórias da Biblioteca Comunitária Cristal
15h30min – Tambores do Colégio Estadual Cônego Paulo de Nadal e do Quilombo do Sopapo
16h – Central Social RS
16h30min – Discípulo da Paz e Grupo de Hip Hop, Dança de Rua e Poesia de Taquara
17h – Richard Serraria E Marcelo da Redenção
18h – Encerramento

Atividades Permanentes das 10 às 17h
Feira de Artesanato e Alimentos do Cristal
Bancas das entidades que organizam A Volta do Povo à Praça
Biblioteca Comunitária do Cristal (troca - troca de livros)
Futebol de Mesa
Desenho e Pintura do Muro
Estencil e pinturas de camisetas
Play Station
Passeios com os cavalos da Brigada Militar
Exposição de um Carro de Bombeiros

O Fórum Regional de Justiça e Segurança do Cristal – FRJS Cristal, em setembro de 2010 criou o Grupo de Trabalho da Praça. Este GT em reuniões no Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo propôs o evento A Volta do Povo à Praça  com a parceria de diversas organizações e instituições do bairro Cristal/Cruzeiro, órgãos públicos e o governo municipal (SMAM, SMDHSU, SME, FASC).
Foi no dia 27 de novembro de 2010 que ocorreu o primeiro A Volta do Povo à Praça e desde então outros três eventos foram realizados no ano de 2011. Será neste sábado, dia 25 de agosto de 2012 a realização da 5ª edição do  “ A VOLTA DO POVO À PRAÇA”, a ser realizado na Praça José Alexandre Zachia, no período das 10h às 18h, com objetivo da ocupação coletiva e comunitária da mesma, através de atividades de lazer, cultura, esporte e feira de economia solidária, transmitindo um significado de ocupação do espaço público, integração e organização.
Aqui algumas postagens que registraram edições anteriores de A Volta do Povo à Praça:
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2012/07/volta-do-povo-praca.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/04/abraco-coletivo-volta-do-povo-praca.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/04/volta-do-povo-praca-e-festival.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/05/volta-do-povo-praca-algumas-imagens.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/08/volta-do-povo-praca-recebe-o-povo-na.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/11/volta-do-povo-praca-comemora-um-ano.html


Realização:
Fórum Regional de Justiça e Segurança do Cristal

Participação:
Biblioteca Comunitária do Cristal, Clube de Mães do Cristal, Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo, GUAYÍ, Condomínios e Moradores do entorno da Praça Alexandre Zachia, Levante Popular da Juventude, Cristalizar Vídeo Produções – CVP, Central Social RS, Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal – SINTRAJUFE-RS, E.E.E.M. Elpídio Ferreira Paes, Colégio Estadual Cônego Paulo de Nadal, Brigada Militar, Secretaria Municipal de Direitos humanos e Segurança Urbana (SMDHSU), Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), Secretria Municipal de Meio Ambiente (SMAM), Secretaria Municipal de Esportes (SME), CARRIS

post: Leandro Anton


Rádio Comunitária do Sopapo


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Água... simplesmente VIDA

A animação abaixo é um adaptação de um ritual/mito do povo Ayoero.



Os Ayoreo são um povo que vive, em certas regiões como em Chaco Seco, uma região semi-árida, de baixa altitude, se estende pela Argentina, Bolívia e Brasil, mantém grupos isolados que nunca tiveram contato com o "mundo exterior"


Os totobiegosode vivem em pequenas comunidades. Cultivam abóboras, feijão e melões no solo arenoso, e caçam na floresta. Suas predileções são por grandes tartarugas e porcos selvagens; o abundante mel silvestre também é muito apreciado por eles.
Erui, um homem Ayoreo-Totobiegosode.
Erui, um homem Ayoreo-Totobiegosode.
© Ruedi Suter/Survival
Crianças Ayoreo-Totobiegosode, Paraguai.
Crianças Ayoreo-Totobiegosode, Paraguai.
Mulher Ayoreo-Totobiegosode
Mulher Ayoreo-Totobiegosode 
© Luke Holland/Survival
Na floresta, quatro ou cinco famílias vivem juntas em casas coletivas. Um poste central de madeira apoia uma estrutura em forma de domo construída com galhos menores, cobertos por barro seco.
Cada família tem sua própria fogueira na parte externa da casa. Só se dorme no lado de dentro no caso de chuva.
O ritual Ayoreo mais importante recebeu seu nome em homenagem à asojna, o bacurau: na primeira vez em que o canto do pássaro é ouvido, ele anuncia o início da estação chuvosa, motivo para um mês de comemorações e festas.
A missão evangélica Missão Novas Tribos tem uma sede próximo às suas comunidades, exercendo poderosa influência sobre suas vidas cotidianas. Os missionários suprimiram o ritual asojna e muitos outros.Os Ayoreo que agora vivem em comunidades assentadas moram em malocas familiares individuais. Aqueles que perderam suas terras são obrigados a trabalharem como trabalhadores rurais, sendo, por falta de opção, explorados nas fazendas de gado que se apossaram de boa parte de seu território.
A Fonte do texto acima pode está neste link http://www.survivalinternational.org/povos/ayoreo/como-vivem#main .

Abaixo um artigo e uma matéria com outras informações sobre este povo, inspirador do vídeo desta postagem, e que está sobre séria ameaça. A população que não chega a 5.000 pessoas busca proteger no que resta de floresta cerca de 200 Ayoeros, que são os mais velhos do povo, do contato com exploradores e devastadores da terra, entre elas uma empresa brasileira chamada Yaguarete Porá, que tornou-se proprietária de uma área de 78.000 hectares e que já desmatou boa parte dela.





post: Leandro Anton

domingo, 12 de agosto de 2012

Seminário Pesquisa-Ação em Porto Alegre


Será amanhã e terça-feira, dias 13 e 14 de agosto na Casa de Cultura Mário Quintana o Seminário Pesquisa Ação realizado pela ONG Casa Arte de Educar e que é parte do projeto Um Plano Articulado para Cultura  e Educação , promovido pelo MinC, que terá ações nas cinco regiões brasileiras para a construção de uma nova política pública entre Cultura e Educação.
Participarão nos dois dias de seminário educadores, estudantes, lideranças sociais de comunidades, representantes de museus, centros culturais, pontos de cultura, bibliotecas e órgãos de governo da região Sul.
Conheça mais sobre a pesquisa acessando:
http://www.artedeeducar.org.br/promovendo-a-integracao-entre-cultura-e-educacao

O Quilombo do Sopapo estará no seminário como participante e também com a Cristalizar Vídeo Produções - CVP, que comporá a equipe de registros em audiovisual do seminário que será coordenada pela Cooperativa Rizoma. A equipe da CVP estará com Adão, Carlos e Douglas durante os dois dias de seminário.

post: Leandro Anton

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Cultura é um caminho, Cidade é um direito



SEMINÁRIO CONTRA O EXTERMÍNIO DA JUVENTUDE ACONTECE DIA 11 NA PERIFERIA DE PORTO ALEGRE
Com uma taxa de até 51,7 homicídios para cada 100 mil, o Brasil é o 3º país com mais assassinatos de jovens no mundo, atrás de Colômbia e Venezuela, no Brasil morrem por dia, em média, 54 jovens vítimas de homicídio, 59,6% da população carcerária do país é constituída por jovens do sexo masculino entre 18 e 29 anos. Por isso entidades sociais ligadas ao tema propuseram a realização do Seminário Metropolitano Contra o Extermínio da Juventude - “Cultura é um caminho, Cidade é um Direito” que tem o objetivo de abordar de que maneira podemos enfrentar o extermínio dos jovens no Brasil e as diferentes formas de violência contra a juventude e a vasta violação dos direitos humanos culminando diretamente com a desvalorização da vida principalmente nas periferias. O evento foi proposto através de dois temas centrais: tendo a cultura um papel transformador e questionador das problemáticas sociais e o direito a cidade como fundamental para melhoria da qualidade de vida no ambiente onde vivemos, construindo uma harmonia em viver e conviver no espaço urbano.
O evento será realizado na Escola Municipal Grande Oriente com mesa de apresentação das entidades convidadas, seguido da mesa Cidade é Um Direito, na sequencia a mesa Extermínio da Juventude e encerra com atividades culturais com o tema Cultura é Um Caminho, com show de W Negro, Revolução RS, discotecagem do Dj Abú e Dj Péia, batalha de dança de rua e grafitagem.

Evento: Seminário Contra o Extermínio da Juventude – “Cultura é um caminho, Cidade é um direito”
Atrações: W Negro, Revolução RS, grafitagem e dança de rua
Dia 11 de agosto de 2012 - sábado
Local: Escola Municipal Grande Oriente
Rua Wolfram Metzler, 600 - Bairro Rubem Berta - Porto Alegre/RS
Entrada Gratuita

A organização do seminário é da Alvo Cultural e tem como apoiadores a Ong 470, Hip Hop feminino, Fora do Eixo e a Campanha Nacional Contra o Extermínio da Juventude.

www.alvocultural.com

postagem: Leandro Anton