Visualizações de página do mês passado

terça-feira, 21 de agosto de 2012

25 de agosto de 2012, sábado

Programação da 5ª A Volta do Povo À Praça


Apresentações
10h – Banda da E.E.E.M. Elpídio Ferreira Paes
11h às 13h – Banda da Brigada Militar, apresentação dos cães e bonecos gigantes da Brigada Militar
14h – Teatro Educação Ambiental do DMLU
15h – Contação de Histórias da Biblioteca Comunitária Cristal
15h30min – Tambores do Colégio Estadual Cônego Paulo de Nadal e do Quilombo do Sopapo
16h – Central Social RS
16h30min – Discípulo da Paz e Grupo de Hip Hop, Dança de Rua e Poesia de Taquara
17h – Richard Serraria E Marcelo da Redenção
18h – Encerramento

Atividades Permanentes das 10 às 17h
Feira de Artesanato e Alimentos do Cristal
Bancas das entidades que organizam A Volta do Povo à Praça
Biblioteca Comunitária do Cristal (troca - troca de livros)
Futebol de Mesa
Desenho e Pintura do Muro
Estencil e pinturas de camisetas
Play Station
Passeios com os cavalos da Brigada Militar
Exposição de um Carro de Bombeiros

O Fórum Regional de Justiça e Segurança do Cristal – FRJS Cristal, em setembro de 2010 criou o Grupo de Trabalho da Praça. Este GT em reuniões no Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo propôs o evento A Volta do Povo à Praça  com a parceria de diversas organizações e instituições do bairro Cristal/Cruzeiro, órgãos públicos e o governo municipal (SMAM, SMDHSU, SME, FASC).
Foi no dia 27 de novembro de 2010 que ocorreu o primeiro A Volta do Povo à Praça e desde então outros três eventos foram realizados no ano de 2011. Será neste sábado, dia 25 de agosto de 2012 a realização da 5ª edição do  “ A VOLTA DO POVO À PRAÇA”, a ser realizado na Praça José Alexandre Zachia, no período das 10h às 18h, com objetivo da ocupação coletiva e comunitária da mesma, através de atividades de lazer, cultura, esporte e feira de economia solidária, transmitindo um significado de ocupação do espaço público, integração e organização.
Aqui algumas postagens que registraram edições anteriores de A Volta do Povo à Praça:
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2012/07/volta-do-povo-praca.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/04/abraco-coletivo-volta-do-povo-praca.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/04/volta-do-povo-praca-e-festival.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/05/volta-do-povo-praca-algumas-imagens.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/08/volta-do-povo-praca-recebe-o-povo-na.html
http://www.quilombodosopapo.blogspot.com.br/2011/11/volta-do-povo-praca-comemora-um-ano.html


Realização:
Fórum Regional de Justiça e Segurança do Cristal

Participação:
Biblioteca Comunitária do Cristal, Clube de Mães do Cristal, Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo, GUAYÍ, Condomínios e Moradores do entorno da Praça Alexandre Zachia, Levante Popular da Juventude, Cristalizar Vídeo Produções – CVP, Central Social RS, Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal – SINTRAJUFE-RS, E.E.E.M. Elpídio Ferreira Paes, Colégio Estadual Cônego Paulo de Nadal, Brigada Militar, Secretaria Municipal de Direitos humanos e Segurança Urbana (SMDHSU), Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), Secretria Municipal de Meio Ambiente (SMAM), Secretaria Municipal de Esportes (SME), CARRIS

post: Leandro Anton


Rádio Comunitária do Sopapo


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Água... simplesmente VIDA

A animação abaixo é um adaptação de um ritual/mito do povo Ayoero.



Os Ayoreo são um povo que vive, em certas regiões como em Chaco Seco, uma região semi-árida, de baixa altitude, se estende pela Argentina, Bolívia e Brasil, mantém grupos isolados que nunca tiveram contato com o "mundo exterior"


Os totobiegosode vivem em pequenas comunidades. Cultivam abóboras, feijão e melões no solo arenoso, e caçam na floresta. Suas predileções são por grandes tartarugas e porcos selvagens; o abundante mel silvestre também é muito apreciado por eles.
Erui, um homem Ayoreo-Totobiegosode.
Erui, um homem Ayoreo-Totobiegosode.
© Ruedi Suter/Survival
Crianças Ayoreo-Totobiegosode, Paraguai.
Crianças Ayoreo-Totobiegosode, Paraguai.
Mulher Ayoreo-Totobiegosode
Mulher Ayoreo-Totobiegosode 
© Luke Holland/Survival
Na floresta, quatro ou cinco famílias vivem juntas em casas coletivas. Um poste central de madeira apoia uma estrutura em forma de domo construída com galhos menores, cobertos por barro seco.
Cada família tem sua própria fogueira na parte externa da casa. Só se dorme no lado de dentro no caso de chuva.
O ritual Ayoreo mais importante recebeu seu nome em homenagem à asojna, o bacurau: na primeira vez em que o canto do pássaro é ouvido, ele anuncia o início da estação chuvosa, motivo para um mês de comemorações e festas.
A missão evangélica Missão Novas Tribos tem uma sede próximo às suas comunidades, exercendo poderosa influência sobre suas vidas cotidianas. Os missionários suprimiram o ritual asojna e muitos outros.Os Ayoreo que agora vivem em comunidades assentadas moram em malocas familiares individuais. Aqueles que perderam suas terras são obrigados a trabalharem como trabalhadores rurais, sendo, por falta de opção, explorados nas fazendas de gado que se apossaram de boa parte de seu território.
A Fonte do texto acima pode está neste link http://www.survivalinternational.org/povos/ayoreo/como-vivem#main .

Abaixo um artigo e uma matéria com outras informações sobre este povo, inspirador do vídeo desta postagem, e que está sobre séria ameaça. A população que não chega a 5.000 pessoas busca proteger no que resta de floresta cerca de 200 Ayoeros, que são os mais velhos do povo, do contato com exploradores e devastadores da terra, entre elas uma empresa brasileira chamada Yaguarete Porá, que tornou-se proprietária de uma área de 78.000 hectares e que já desmatou boa parte dela.





post: Leandro Anton

domingo, 12 de agosto de 2012

Seminário Pesquisa-Ação em Porto Alegre


Será amanhã e terça-feira, dias 13 e 14 de agosto na Casa de Cultura Mário Quintana o Seminário Pesquisa Ação realizado pela ONG Casa Arte de Educar e que é parte do projeto Um Plano Articulado para Cultura  e Educação , promovido pelo MinC, que terá ações nas cinco regiões brasileiras para a construção de uma nova política pública entre Cultura e Educação.
Participarão nos dois dias de seminário educadores, estudantes, lideranças sociais de comunidades, representantes de museus, centros culturais, pontos de cultura, bibliotecas e órgãos de governo da região Sul.
Conheça mais sobre a pesquisa acessando:
http://www.artedeeducar.org.br/promovendo-a-integracao-entre-cultura-e-educacao

O Quilombo do Sopapo estará no seminário como participante e também com a Cristalizar Vídeo Produções - CVP, que comporá a equipe de registros em audiovisual do seminário que será coordenada pela Cooperativa Rizoma. A equipe da CVP estará com Adão, Carlos e Douglas durante os dois dias de seminário.

post: Leandro Anton

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Cultura é um caminho, Cidade é um direito



SEMINÁRIO CONTRA O EXTERMÍNIO DA JUVENTUDE ACONTECE DIA 11 NA PERIFERIA DE PORTO ALEGRE
Com uma taxa de até 51,7 homicídios para cada 100 mil, o Brasil é o 3º país com mais assassinatos de jovens no mundo, atrás de Colômbia e Venezuela, no Brasil morrem por dia, em média, 54 jovens vítimas de homicídio, 59,6% da população carcerária do país é constituída por jovens do sexo masculino entre 18 e 29 anos. Por isso entidades sociais ligadas ao tema propuseram a realização do Seminário Metropolitano Contra o Extermínio da Juventude - “Cultura é um caminho, Cidade é um Direito” que tem o objetivo de abordar de que maneira podemos enfrentar o extermínio dos jovens no Brasil e as diferentes formas de violência contra a juventude e a vasta violação dos direitos humanos culminando diretamente com a desvalorização da vida principalmente nas periferias. O evento foi proposto através de dois temas centrais: tendo a cultura um papel transformador e questionador das problemáticas sociais e o direito a cidade como fundamental para melhoria da qualidade de vida no ambiente onde vivemos, construindo uma harmonia em viver e conviver no espaço urbano.
O evento será realizado na Escola Municipal Grande Oriente com mesa de apresentação das entidades convidadas, seguido da mesa Cidade é Um Direito, na sequencia a mesa Extermínio da Juventude e encerra com atividades culturais com o tema Cultura é Um Caminho, com show de W Negro, Revolução RS, discotecagem do Dj Abú e Dj Péia, batalha de dança de rua e grafitagem.

Evento: Seminário Contra o Extermínio da Juventude – “Cultura é um caminho, Cidade é um direito”
Atrações: W Negro, Revolução RS, grafitagem e dança de rua
Dia 11 de agosto de 2012 - sábado
Local: Escola Municipal Grande Oriente
Rua Wolfram Metzler, 600 - Bairro Rubem Berta - Porto Alegre/RS
Entrada Gratuita

A organização do seminário é da Alvo Cultural e tem como apoiadores a Ong 470, Hip Hop feminino, Fora do Eixo e a Campanha Nacional Contra o Extermínio da Juventude.

www.alvocultural.com

postagem: Leandro Anton

sábado, 4 de agosto de 2012

Porto Alegre está assim...

Caminhada deste sábado, 04 de agosto, pela "Avenida Tronco"    foto: Leandro Anton

Infelizmente, nosso caminho está bloqueado à esquerda, desviemos e façamos nossa história NAS RUAS!!! Pois as máquinas já estão lá! 

COMITÊ POPULAR DA COPA CRISTAL
reuniões todas às quinta-feiras, às 19h
no Quilombo do Sopapo
Avenida Capivari 602, Bairro Cristal

A cidade do orçamento participativo, da democracia participativa e dos Fóruns Sociais Mundiais do início do século XXI, hoje está assim, leia o que segue e entenda:

Primeiro fazem os projetos.

http://4.bp.blogspot.com/-_XlZZrqJT-A/UBtTCoWGRaI/AAAAAAAAA2c/NBhn4uj172U/s1600/Captura+de+tela+2012-08-03+a%CC%80s+01.26.02.png


Depois

assinam o contrato do financiamento,

 http://3.bp.blogspot.com/-A9SgH6o3ZfM/UBtTdQcYZKI/AAAAAAAAA2k/vf84Oqz91Z8/s1600/Captura+de+tela+2012-08-03+a%CC%80s+01.28.13.png

autorizam o início das obras,

http://2.bp.blogspot.com/-EK43L28K7oc/UBtTrFwtfxI/AAAAAAAAA2s/edzWzObITrI/s1600/Captura+de+tela+2012-08-03+a%CC%80s+01.29.13.png
http://1.bp.blogspot.com/-UtjJxAMtfjg/UBtc40lrfkI/AAAAAAAAA3I/dBYfQ7txp1A/s1600/Captura+de+tela+2012-08-03+a%CC%80s+02.07.22.png

e por fim te chamam para participar!

(Minuta de convocação)

Prezados participantes do Fórum Regional de Planejamento- RP 5 e 6 (Glória/Cruzeiro/Cristal e Região Sul/Centro-Sul)

Comunicamos a realização de reunião deste Fórum, conforme informações à seguir: 

Local:Centro de Referência de Assistência Social Centro - Sul – CECOPAM – Arroio Grande, 50
Data: 20 de agosto de 2012
Horário:19:30hs
Pauta: "Obras da Copa e seus reflexos na zona sul da capital" 

A) Da interligação da Avenida Cavalhada com Av. Cel. Massot (conclusão sua duplicação e, a rótula com a Av. Cavalhada, incluindo a situação das praças da área); 
B) Da nova via projetada, Av. do Parque, cfe. a Diretriz 4538 (obra prevista no PISA, de urbanização do leito do arroio Cavalhada, desde a Av. Diário de Notícias) 
C) Das interligações da nova Av. Tronco, com : 
- a duplicação da Avenida Vicente Monteggia (do programa do atual governo);- a duplicação da Av. Oscar Pereira (um trecho anunciado);- as vias laterais da Avenida Nonoai, em Teresópolis(alternativas aos engarrafamentos);
D) Do gargalo da Avenida Wenceslau Escobar: 

- Análise das alternativas do trecho Castro Menezes e Pereira Passos (aproveitamento das vias laterais e, a interligação com a Cel. Massot); 
- Informações sobre o trecho entre a rótula da avenida Diário Noticias e a Castro de Menezes; 

Contamos com a presença de todos.

Regina Ramires Barcellos
Programa de Regionalização e Participação
Secretaria Planejamento Municipal
Por Lucimar F Siqueira
AGB Seção Porto Alegre


foto: Leandro Anton

Em julho de 2010, moradores das Vilas Cristal e Divisa. souberam que a administração de Porto Alegre tinha um traçado viário projetado, denominado Avenida Tronco, que atingiria grande parte das casas dos moradores destas duas comunidades. 
Passados dois anos, as únicas ações positivas foram fruto da pressão destas comunidades diante do governo, entre elas desapropriação de terrenos na Região que foram indicados pela comissão de moradores, mas que de nada valem se não forem construídas as moradias antes de fazer a avenida. Mas a principal área indicada pela comunidade para desapropriação foi as Cocheiras do Hipódromo Cristal, 16 hectares de área que estão sendo repassadas para a Multiplan fazer 22 torres para apartamentos que terão valores superiores a um milhão de reais a unidade. 
Abaixo algumas postagens que valem serem acessadas para entender o que está acontecendo para Porto Alegre estar assim:

postagem: Leandro Anton